sexta-feira, 26 de maio de 2017

GOIÂNIA INCENTIVA O TURISMO DE EXPERIÊNCIA APÓS NOVO AEROPORTO


Goiânia a moderna capital do estado de Goiás fica na região Centro- Oeste do Brasil. Foi criada numa localização privilegiada de beleza e natureza, habitada por um povo amigo e cordial, de hospitalidade inigualável. Desde sempre, a cidade evoluiu sustentavelmente, com políticas que estimulam a preservação dos espaços verdes e dos monumentos Art Déco, principal marca de sua implantação.

A cidade é reconhecida por estar entre as cidades que mais possuem parques, bosques e praças do Brasil. São mais de 18 milhões de metros quadrados de puro verde e mais de 1 milhão de árvores nas ruas um verdadeiro convite a qualidade de vida. Moda, artesanato e culinária movimentam os centros de compras.
Considerada o segundo maior mercado de moda a pronta entrega do Brasil, a capital goiana gera mais de 80.000 empregos e oferecendo mais de 8.500 lojas que comercializam todos os tipos de moda, de praia a lingerie, de infanto juvenil a adulto, de masculino a feminino. Os preços e as qualidades são incríveis. A capital é também referência em gastronomia.  Dezenas de bons restaurantes oferecem da gastronomia local a internacional uma variedade imensa de sabores, cores e preços, atendendo a todo o tipo de público.
Recentemente o Aeroporto Internacional Santa Genoveva ganhou um novo prédio de serviços. Há exatamente um ano a cidade inaugurava uma nova entrada para os turistas e visitantes que chegam de avião. Atualmente a capacidade do aeroporto foi quintuplicada e oferece mais comodidade aos que visitam a cidade.

Outros destaques ficam por conta do Bosque dos Buritis e do Parque Multirama que alegram adultos e crianças. No centro você pode conferir o circuito turístico Art Decó e conferir mais de duas dezenas de prédios estilosos. Na gastronomia saia dos comuns fast foods e experimente as famosas jantinhas ou a paneladas goianas, ou visite as deliciosas pamonharias da cidade. A atual gestão do turismo municipal de Goiânia aposta no turismo de experiência para seus visitantes.


Fonte: Qual Viagem


quinta-feira, 25 de maio de 2017

Estreias de Cinema - 25/05/17

Semana com boas estreias na telona! Confira os filmes que entram em cartaz nesta quinta-feira (25) nas salas goianienses:


Piratas do Caribe – A Vingança de Salazar
Não recomendado para menores de 12 anos
Resultado de imagem para Piratas do Caribe – A Vingança de Salazar

O capitão Salazar (Javier Bardem) é a nova pedra no sapato do capitão Jack Sparrow (Johnny Depp). Ele lidera um exército de piratas fantasmas assassinos e está disposto a matar todos os piratas existentes na face da Terra. Para escapar, Sparrow precisa encontrar o Tridente de Poseidon, que dá ao seu dono o poder de controlar o mar.

Onde assistir: cines Lumiére (Araguaia Shopping, Portal Shopping e Shopping Bougainville), Multiplex Premiére (Banana Shopping), Kinoplex (Goiânia Shopping), Cinemark (Passeio das Águas e Shopping Flamboyant), Multicine (Cidade Jardim), Moviecom (Buriti Shopping)


Real – O Plano por trás da História
Resultado de imagem para Real – O Plano por trás da História

1993. Arrogante e inflexível, Gustavo Franco (Emílio Orciollo Neto) é um crítico feroz da política econômica adotada pelo governo brasileiro nos últimos anos, que resultou em um cenário de hiperinflação. Opositor de políticas de cunho social, ele é adepto de um choque fiscal de forma que seja criada uma moeda forte, que devolva a dignidade aos cidadãos. Quando o presidente Itamar Franco (Bemvindo Siqueira) nomeia Fernando Henrique Cardoso (Norival Rizzo) como o novo Ministro da Fazenda, Gustavo é convidado a integrar uma verdadeira força-tarefa, cujo objetivo é criar um novo plano econômico.

Onde assistir: cines Lumiére (Shopping Bougainville), Kinoplex (Goiânia Shopping)


Comeback
Não recomendado para menores de 16 anos
Resultado de imagem para Comeback filme

Aposentado da antiga carreira de pistoleiro, Amador (Nelson Xavier) leva uma vida solitária que nada se compara com os dias de perigo e, principalmente, de temor por parte das pessoas. Um dia, é procurado pelo neto de um antigo amigo, que deseja trabalhar com ele devido à sua fama. Amador logo o coloca como ajudante de sua atual atividade, o transporte de máquinas caça-níqueis para bares próximos, mas a falta de reconhecimento em relação ao que foi passa a incomodá-lo cada vez mais.

Onde assistir: cines Lumiére (Shopping Bougainville), Cine Cultura



Taego Ãwa
Imagem relacionada

Na faculdade, uma dupla de cineasta encontrou cinco fitas VHS contendo registros culturais da tribo Ãwa. Reunindo outros materiais, eles partem em busca do grupo, apresentando as imagens pela primeira vez e descobrindo a trajetória de enfrentamento com o povo branco desde 1973. Hoje, os Ãwa lutam pela demarcação e restituição de suas terras.

Onde assistir: Cine Cultura


Joaquim 
Resultado de imagem para filme Joaquim

A história do que levou Joaquim José da Silva Xavier, um dentista comum de Minas Gerais, a se tornar Tiradentes, transformando-se num importante herói e mártir nacional que veio a liderar o levante popular conhecido como a Inconfidência Mineira.

Onde assistir: Cine Cultura


Muito Romântico
Resultado de imagem para filme Muito Romântico

Melissa (Melissa Dullius) e Gustavo (Gustavo Jahn) estão buscando uma nova vida em Berlim. Eles entram em um cargueiro, atravessam o Oceano Atlântico e encontram uma casa no novo país.


Onde assistir: Cine Cultura




quarta-feira, 24 de maio de 2017

Chacina em Redenção (PA) deixa pelo menos 10 posseiros mortos

Conforme informações preliminares, dez posseiros – sendo 9 homens e 1 mulher – foram assassinados durante uma ação de reintegração de posse de um acampamento situado na Fazenda Santa Lúcia, no município de Pau d’arco, no Sudeste do estado do Pará. A reintegração era realizada pelas Polícias Civil e Militar de Redenção.





As dez vítimas foram mortas na manhã desta quarta-feira, 24 de maio, durante o cumprimento de uma ação de reintegração de posse determinada pelo juiz da Vara Agrária de Redenção. Ainda segundo informações iniciais, o magistrado determinou que essa ordem fosse cumprida por policiais militares e civis. O juiz não se atentou para as orientações que constam na Cartilha da Ouvidoria Agrária Nacional e nas diretrizes do Tribunal de Justiça, que determinam que esse tipo de ação seja realizada por Batalhão da Polícia Militar especializado nestas situações.
Equipe da Polícia Federal (PF) está se deslocando para a área onde ocorreu o conflito para verificar se há mais pessoas mortas ou feridas.
Segundo veículos de comunicação da região, os corpos dos posseiros foram levados, inicialmente, para o necrotério do Hospital Municipal de Redenção, posteriormente devem ser transferidos para o Instituto Médico Legal (IML) do município de Marabá.
A Comissão Pastoral da Terra (CPT) divulgou, há pouco mais de um mês, o seu relatório anual, Conflitos no Campo Brasil 2016, em que destacou os 61 assassinatos ocorridos no ano passado, o maior número já registrado desde 2003. E a violência não dá trégua em 2017. Até o momento, já são 26 pessoas assassinadas em conflitos no campo brasileiro – as mortes ocorridas hoje em Redenção ainda não constam nesta relação. E no último dia 19, completou-se um mês da Chacina de Colniza, no Mato Grosso, quando 9 trabalhadores rurais foram brutalmente assassinados por um grupo de homens encapuzados.
Histórico de conflito
No segundo semestre do ano passado, no dia 21 de outubro, durante reunião da Comissão Nacional de Combate à Violência no Campo, realizada na sede do INCRA, em Marabá (PA), o coordenador do Acampamento Nova Vida, Ronaldo da Silva Santos, informou que as 150 famílias acampadas desejavam que o imóvel fosse destinado para a Reforma Agrária. As famílias estavam acampadas na área desde 18 de maio de 2015.
O então Superintendente Regional do INCRA em Marabá, Claudeck Alves Ferreira, assumiu compromisso com Ronaldo de se reunir com o proprietário da fazenda e negociar sua destinação à Reforma Agrária. Porém, segundo Ferreira, a área não poderia ser desapropriada enquanto estivesse ocupada.
Na época, participaram desta reunião, o então Ouvidor Agrário Nacional e Presidente da Comissão Nacional de Combate à Violência no Campo, desembargador Gercino José da Silva Filho; Aílson Silveira Machado, representante da Secretaria de Direitos Humanos do Ministério da Justiça e Cidadania; Representantes regionais do INCRA; Representante da Polícia Militar de Marabá; e coordenadores da Federação Estadual dos Trabalhadores e Trabalhadoras na Agricultura Familiar do Pará (FETRAF – PARÁ).


Fonte: Comissão Pastoral da Terra (CPT)